Concurso PF: publicada portaria que autoriza 500 vagas

Foi publicada, no Diário Oficial da União desta sexta-feira (20), a portaria de autorização para o concurso da Polícia Federal (PF) destinado a preencher 500 vagas.

O documento estipula prazo de até seis meses para publicação do edital de abertura da seleção e também estabelece a distribuição dos postos: serão 150 para delegado, 60 para perito criminal, 80 para escrivão, 30 para papiloscopista e 180 para agente.

Embora a portaria estipule um prazo de seis meses, ou seja, até outubro, para a publicação dos editais, o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann anunciou, nesta semana, que a liberação deve ocorer antes, ainda neste semestre.

Ainda segundo o ministro, o orçamento da pasta para 2018 será de R$ 2,7 bilhões e não haverá contingenciamento das verbas do órgão, conforme ficou decidido após reunião com o Ministério do Planejamento.

A liberação para o novo concurso da PF está relacionada ao principal objetivo do novo ministério, criado por Medida Provisória em 27 de fevereiro. No entendimento do governo, a pasta será responsável por coordenar e promover o combate à criminalidade em parceria com os Estados.

Jungmann responde pelo comando da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal (que também teve concurso autorizado para 500 vagas), Força Nacional e pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen), antes vinculados ao Ministério da Justiça.

Em 18 de janeiro, o então diretor-geral da PF, Fernando Segóvia, já havia antecipado que o presidente Michel Temer garantiu o aval para o certame.

fonte: jcconcursos.com.br